Novos pôsters de Max Payne

Como falei aqui, a adaptação do game Max Payne está ficando cada dia melhor. Desde as primeiras fotos de bastidores, passando pelo trailer super foda e agora esses pôsters que estão deixando os fãs mais empolgados ainda. Eu que o diga.

maxpayne_poster01

maxpayne_poster02

 

Max Payne estréia em Outubro. Falta pouco! Por aqui estréia quando mesmo? =D

Trailer de Need for Speed: Undercover

Depois de vários jogos de jogabilidade expetacular e corridas deslumbrantes, a franquia Need For Speed, da EA GAMES, começa uma nova era de jogos e em seu novo episódio Undercover, o trailer do jogo não mostra apenas carros e animações quaisquer, tem todo um ambiente real, e o melhor, com gente real.

 

Por que postando jogo aqui? Pelo simples fato do trailer ter ficado igual a um filme. Aliás, é um “filme” só que vai ser jogo no dia 18 de Novembro deste ano. Que legal =D

 

D-War: Guerra de Dragões

top_dwar

 

Desde que saiu o primeiro trailer, eu vi que poderia ser um filme legal e pudesse assistir tranquilamente. Mero engano, jovem Padawan. D-War é mais um filme que você olha e olha mas vê aquilo tudo como uma jornada sem volta. O visual é belo e a história, sem sal. Não se deixe enganar pela imagem acima.

 

Tudo roda em volta de uma lenda antiga de dragões, poderes, tatuagem de dragão, espada de fogo maior estilo Power Ranger e muitos outros elementos que nem se encaixam e se perdem no meio de atuações estranhas que o diretor oriental não conseguiu dominar em sua própria história. Personagens perdidos em meio a monstros gigantes, que se arrastam e voam no meio da cidade abatendo helicópteros numa das cenas mais chatas, entediantes e barulhentas do filme. São longos minutos de balas, dragões berrando e explosões.

 

Dragões feitos em CG que nem dão a mínima impressão de realismo, tirando os closes nos olhos que tentam passar algum sentimento mas que ficam apenas como “Olhos de um Dragão. Desde o primeiro Jurassic Park há séculos atrás que não vejo mais répteis gigantes com tal visual perfeccionista de Spielberg que chega a assustar de tão lindo que chega a ser. Aquilo sim que era um filme de animais que eu gostaria de ver mais um vez assim que eu arranjar o dvd =D

 

Pensei que poderia comentar bem mais sobre D-War, já que tinha uma leve expectativa que seria até bom passar quase 90 minutos na frente da TV vendo mais um filme de gigantes destruindo tudo o que tocam. O visual é bonito, os dragões mal acabados, atores fracos, explosões muitas, balas que me fizeram perder a conta. Seguindo a trilha de outro filme oriental O Hospedeiro que foi, de longe, muito melhor em termos de visual do monstro (apesar de ter sido apenas um) e a história simples que beira a estupidez quando leva o termo “acidente químico” mais uma vez ao centro da causa dos eventos mas que é levada a sério, coisa que não podemos com D-War.

Corrida da Morte e Mortal Kombat

image

Eu sou fã do trabalho de Paul W.S. Anderson. Não é o cara por trás de Boogie Nights ou Sangre Negro, mas o outro que tornou real Mortal Kombat e Resident Evil. Ele consegue fazer filmes legais e que prendem o espectador mesmo que não seja fã do negócio em questão mas sempre quer chegar ao final do filme. Pelo menos funciona comigo =D

 

Agora ele traz o sanguinário Death Race ou Corrida da Morte em seu título nacional. Como já disse “sanguinário” ou termo seria… cheio de sangue e carros atirando, explodindo, voando… Lá em seu level Velozes e Furiosos, Corrida da Morte é entretenimento puro, pelo trailer já dá pra ver que vai ser divertido ver e ouvir, no cinema mais próximo, as explosões, gritos e motores acelerando.

 

No elenco temos Jason Stathan como presidiário que recebe uma proposta quase indecente da chefa do local: “Vença 5 corridas e está livre.” Essa frase já é supimpa e ainda mais vindo da Pam Landy da franquia Bourne (também da Universal) ou, se preferirem, a atriz pra lá de porreta Joan Allen. Ainda no elenco está Tyrese Gibson, Ian McShane, Natalie Martinez e David Carradine.

 

Corrida da Morte tem estréia para 22 de Agosto nos EUA.

 

Assista o trailer logo abaixo. Para maiores de 16, ok? =D

 

 

Adaptação do jogo Max Payne

image Mais um jogo legal vai ser adaptado. Ainda bem que não será pelas mãos terríveis de Uwe Boll. Depois de assassinar Alone in the Dark e, mais recentemente, FarCry, o cara virou sinônimo de assassinato de games na telona e tirar o sono dos fãs. Há ainda quem dê apoio ao infeliz. Vai entender isso...

 

Por outro lado, Max Payne está ficando mais legal que de encomenda. Pegaram o diretor John Moore (do fraco A Profecia - o remake), jutaram Mark Walhberg (indicado ao Oscar®), adicionaram balas, slow-motion, monstros voadores (de acordo com a comunidade nerd, deve-se ao efeito da droga Valquíria do jogo) e as frases filosóficas de Max Payne. Resultado é um puta trailer que deve gerar mais uma adaptação que pode, não bater de frente como Batman O Cavaleiro da Trevas, mas ser bem recebido entre os fãs do vingador da morte de sua família (familiar, não?).

 

Max Payne tem estréia marcada para Outubro deste ano.

 

Site Oficial do filme:

http://www.maxpaynethemovie.com

 

 

 

Capa do DVD de Wall-E

image

Durante a ExpoDisney Brasil foi possível conferir várias novidades e a melhor delas foi a  capa de filmes como Wall-E, da Disney, claro. A capa é focada no Wall-E, Eva (ou Eve, em inglês) e M-O (que é o robôzinho limpador).

 

O filme, para quem não sabe, conta como é a vida do robô Wall-E. Ele é o último habitante da Terra junto com sua baratinha companheira pra todas as horas. Sua atividades são: reciclar o lixo e procurar objetos que ele guarda numa “estante”. Sua tranquilidade acaba na chegada de Eva, uma robôzinha com charme e que chama sua atenção.

 

Estreiou dia 27 de Junho e o dvd sai ainda este ano. Espero que duplo, uma capa ultra bem feita e bilhões de extras.

 

Para ver a imagem original:
http://www.revistamonet.com.br/wp-content/uploads/2008/08/cimg0321.jpg

 

E mais fotos da ExpoDisney Brasil:

http://www.revistamonet.com.br/?p=6670

Anaconda 3

anaconda3

 

Bom, pra quem não se lembra da cobra gigante que corria atrás da Jennifer Lopez há mais de 10 anos atrás, Anaconda foi um dos filmes que eu vi quando pequeno e quando saía nas ruas ficava imaginando cobras gigantes saindo das árvores e me atacando e já me preparava pra correr até a morte. AHHHHHHH!

 

Há alguns anos, apareceu uma continuação mas que perdeu sua tal originalidade se voltando a anacondas digitais e que pareciam piscar na tela de tão curta suas aparições. Durante a sessão de Anaconda 2, parecia que estava numa sessão de filme de super herói. Quando o cara lá corta a cabeça fora de uma anaconda e o público se empolga batendo palmas e gritando absurdamente “Isso aí!” "e “uhuuuuuu!”. Eu fiquei ali só observando tal reação a uma simples cabeça decepada.

 

Agora mais um filme da cobrinha sai especialmente para TV, indo numa linha oposta de High School Musical que começou da TV e foi para o cinema. Olhando a página do trailer no youtube, vi que tinha usuário dizendo “looks more like a python movie” (parece mais um filme de Python). Para quem não sabe, Python é irmã da Anaconda. É outra cobra gigante totalmente digital que não é nem um pouco real e que mata suas vítimas com usando o rabo como faca e depois engole e PUF! Nem na barriga tanquinho dela a vítima aparece. E realmente é isso. E ainda melhor (ou seria pior), ele tem um ferrão-quase-de-abelha na cauda pra matar a galera!

 

Neste novo episódio da saga das cobrinhas gigantes a história é parecida com a do segundo filme. Não, nada de flores que crescem em apenas uma época do ano e em tal lugar na floresta da ilha que é depois do país que fica atrás das montanhas depois do bosque o_O Agora é um velho empresário à beira da morte que quer que cientistas loucos criem um soro para curar do Mal de Alzheimer e do Câncer. Ele manda um grupo de caçadores atrás da Anaconda e conseguem capturá-la. Depois de muitos testes e soro vai e soro vem, a cobra já está muito maior e, com a ajuda do velho, consegue escapar do laboratório e já começa fazendo vítimas e usando seu ferrão na rabo.

 

Muitas vítimas e muito sangue depois, temos os novos caçadores prontos para zarpar atrás da cobra. Opa! Ainda falta um. Ele está lá onde Judas perdeu as botas e demora a chegar. Para quem já pensa mais na frente, ele vai chegar com pose de herói minutos depois quando o pessoal estiver totalmente lascado. É nessa hora que descobrimos que a cobra em questão está grávida e pronta para dar a luz a mais bichanos e precisa de um lugar próximo a uma fonte de alimento, ou seja, corram para a cidade!

 

Muita baboseira, frases ridículas e atuações bizarras. Ouvi até dizer que Val Kilmer fez teste para o papel de herói mas escolheram o que está agora. Se tivesse feito esse filme teria caído muito no conceito de ator. A fotografia feita pelo próprio diretor (já para economizar money) não é das melhores assim como os efeitos especiais que dão vida à cobra e o sangue que jorra no melhor estilo A Hora do Pesadelo. E claro, tem o gancho para o Anaconda 4 que deve sair sabe lá quando e poderia nem sair que ninguém sentiria falta.

 

Exterminador do Futuro: A Salvação

Bom, depois de três filmes, sendo dois legais e um terceiro meia boca, a franquia dos robôs que vêm do futuro para proteger/exterminar o futuro líder da resistência ganha mais um filme e dessa vez pelo diretor de As Panteras e Somos Marshall.

 

Pelo teaser dá pra ver que o diretor McG está fazendo um bom trabalho e irá nos mostrar no início da guerra das máquinas que começou no final no terceiro longa. Esperemos até Maio de 2009 para ver o resultado.