Na Telona – Anjos & Demônios e Edição

Olá, pessoal! Começando mais um “Na Telona”. Dessa vez eu quero tratar de duas coisas: primeiro é sobre o filme Anjos e Demônios e a outra é sobre a edição.

 

Eu escolhi falar sobre Anjos e Demônios depois que vi mais um trailer dele e resolvi lembrar um assunto que comentei numa coluna de outro site há um bom tempo atrás: “O Código Da Vinci… quem não assistiu, leu ou ouviu falar da polêmica por trás do livro? Mas o que muita gente não sabe é que antes de O Código, Robert Langdon (interpretado por Tom Hanks na versão cinematográfica), viveu outra aventura e, que esta ocorreu no Vaticano. Mas onde eu quero chegar? Anjos e Demônios é uma espécie de ‘prólogo’ para alguns fatos (alguns sentimentos de Langdon) que ocorrem n’O Código. Langdon, um professor de simbologia da Universidade de Harvard, é chamado para resolver um problema no Vaticano, um dia antes do Conclave (cerimônia para eleger o novo Papa). Além de ser muito mais inteligente, foi O Código Da Vinci que fez sucesso, por contar fatos que contrariam a história narrada na Bíblia. Apesar de não ter gostado muito da adaptação, o filme foi bom o suficiente como si próprio. Decepção para aqueles que esperavam ver o final feliz de Langdon e Sophie Neveu.”

 

Deu para perceber que gostei mais de Anjos e Demônios e estou ansioso pela estreia. Eu tento sempre ler mais uma vez, mas sempre fico sem tempo quando estou escrevendo algo aqui e ali ou estudando para a faculdade que é a que me toma grande parte do tempo.

 

Já na segunda parte da coluna, tenho que comentar algo que vi essa semana e que me fez ficar de boca aberta ao final. Antes de dizer o que é, vamos dar uma volta pelo assunto edição. Não, não vou comentar a parte técnica, apenas abordar a junção de imagens formando algo maior ou algo menor quando se trata de um trailer.

 

Há um tempo eu achei alguns trailers que eu estava querendo ver e me deparei com um problema: as falas estavam trocadas. (!) Quando li o título do vídeo mais atentamente percebi que não era o que eu realmente queria. Como assim de “Toy Story das Trevas”? Eu nunca tinha visto isso na vida. Acontece que algum cara cheio das idéias pegou o áudio do trailer de Batman O Cavaleiro das Trevas e jogou um monte de imagem do filme Toy Story 2. E não é que ficou bem bolado? Confiram aí.

 

 

E agora a grande estrela da coluna. Se alguém já visitou meu Twitter (iGauM) sabe que eu sou fã de Wall-E e não largo mão. Estava eu, procurando no Youtube por “Wall-E” quando achei um trailer mas que continha “Watchmen” no nome. Fui dar aquela espiadinha básica e achei o trailer mais sinistro do longa animado da Disney/Pixar. Confiram aí o trailer mistureba que tambéme stá disponível em HD que fica muito melhor para assistir.

 

 

Bom, é isso. Semana que vem tem mais e #pagameuingresso

Trailer de Anjos e Demônios

top_angelsedemons

Nunca é tarde para uma sequência, mesmo que a “sequência” na verdade não seja mesmo uma sequência de fato. Ron Howard que o diga. Realmente não sei de quem foi a idéia de fazer Anjos e Demônios como uma sequência de O Código Da Vinci. Pelo menos dá dando certo. Basta assistir o trailer abaixo e ter lido o livro para ver a fidelidade imposta pelo filme. O roteiro é de Avika Goldsman que também adaptou O Código Da Vinci.

Na Telona – Sequenciando

Seguinte, para quem ainda não viu pelo Twitter (iGauM), eu tenho uma tag chamada #notas que sempre passo uma notícia ou outra mas sem muitos detalhes, afinal, o que dá pra ser noticiado em detalhes em míseros 140 caracteres? Coisas rápidas como “Tal filme muda de diretor e elenco pede demissão” Somente. Então o Raphel do blog Eu, Nós, Eles chamou-me-eu para falar um pouco de tudo isso com mais detalhes. Então toda semana eu estarei postando lá e aqui a coluna “Na Telona”. Valeu o espaço, man =D

 

Esses últimos dias foram bem legais quanto às notícias. Principalmente sobre sequências. Primeiro, que teremos mais um filme de Transformers. A Paramount anunciou o terceiro filme para 4 julho de 2011, mas como todo bom trabalhador, Michael Bay (diretor) disse que queria sim o terceiro filme para 4 de julho. Só que no ano seguinte para poder tirar umas merecidas férias. Será que a Paramount vai trocar? Para que o filme não saia meia boca, acho que para a melhor opção seria mesmo mudar para 2012 para a pressão não interferir nas idéias do gênio da ação. Sim, sou fã dele.

 

Outra novidade sobre estréia é Homem-Aranha 4. O Sony Pictures anunciou que o filme será lançado em 2011 (mais um motivo para mudar Transformers para 2012). Mais precisamente dia 6 de maio de 2011. Aí o bom é que teremos ainda Sam Raimi na direção, Tobey Maguire como Peter Parker e Kirsten Dunst como Mary Jane Watson. Gente reclama pra caramba do 3 mas eu achei as cenas de ação muito legais. Realmente a pena foi a aparição pisca-pisca do Venon. Fazer o que né...

 

Para quem curte um filme de ação com um fio de história, já deve ter assistido Busca Implacável (Taken) que é de Pierre Morel - diretor de 13º Distrito. O filme só mostra o seqüestro da filha do cara e a busca para trazê-la de volta. Mas antes mostra que ele foi treinado não sei onde e a ameaça dele “Não sei quem você é. Não sei o que você quer. Se for resgate, vou avisando, não tenho dinheiro. Só tenho a habilidade adquirida em uma longa carreira nas sombras. Habilidade que faz de mim um pesadelo para gente como você. Se soltar minha filha agora, tudo estará resolvido. Não irei atrás de você; sem procura nem perseguição. Se não soltar, vou atrás de você, e vou encontrá-lo. Acabo com você.” É bom ou não éééé?

 

Esse parágrafo todo aí em cima foi para explicar porque o filme foi tão bem sucedido nos EUA que já tem sequência garantida. Mas... o que fazer de sequência de um filme que tem poucos personagens e grande parte vai pro beleléu? Será que agora vão seqüestrar a filha dele? Enquanto digitava essa última parte, me veio à cabeça o filme Cloverfield. Ainda no assunto, como seria o Cloverfield 2? Eu vinha me fazendo esta pergunta desde quando anunciaram que possivelmente haveria um segundo filme, novamente um filme que fez muita bilheteria.

Bom, é isso. Semana que vem tem mais e #pagameuingresso

Gracinhas com a Fox

top_20fo


“A Fox se achando a dona da barraquinha de rosquinhas.” Sério, gostaria muito de ver uma matéria com esse título. Tudo bem que o grupo Fox é de “responsa”. Já lançaram muita coisa boa dentre filmes, séries e DVDs.


Quem não ficou por dentro de tudo sobre o caso Fox VS Warner pelos direitos de Watchmen? Até onde eu li, a Warner havia adquirido esses direitos da própria Fox, mas antes do filme começar a ser filmado, A Fox quis ganhar um troco em cima do faturamento do longa e o acordo entre as duas foi fechado em janeiro. O veredito foi que a Warner pagaria uma grana para a Fox e uma porcentagem da bilheteria. Fato: Fox muito esperta.


Agora a Fox quis lançar o DVD mais barato do mercado. Sempre tem uma pegadinha nesse tipo de coisa. Mais barato, mais barato, RÁ! O resultado foi DVDs em caixinha de papelão! Com preço abaixo dos R$10, a caixinha trazia o disco original do filme, creio que com extras e tudo mais, e uma etiqueta na frente avisando “DVD ORIGINAL”. Apesar de querer ser a esperta, não precisa vender em caixinha de papelão, fato confirmado é que muito filmes tem até edição dupla sendo vendida na faixa de R$12,90 a R$16,90. [Atualizado: Exemplo da própria Fox por R$12,99] Então isso não é desculpa. Fato: Fox muito estúpida. [Blog do Jotacê]


Ainda no assunto DVD, a Fox resolveu atacar as locadoras. Pensando em ganhar MAIS dinheiro, a Fóksi entrará numa fase de teste onde removerá os extras da versão rental de seus próximos lançamentos em DVD. Para quem não sabe, Rental quer dizer os DVDs que você pega na locadora, ou seja, a versão para locação. Com isso, ela espera aumentar a venda nas lojas. Fato: Fox muito metida a besta pode acabar aumentando a venda de discos piratas.


Só uma observação: Como não acompanhei o caso Fox VS Warner, sintam-se livres para fazer qualquer correção.