Na Telona – Sequenciando

Seguinte, para quem ainda não viu pelo Twitter (iGauM), eu tenho uma tag chamada #notas que sempre passo uma notícia ou outra mas sem muitos detalhes, afinal, o que dá pra ser noticiado em detalhes em míseros 140 caracteres? Coisas rápidas como “Tal filme muda de diretor e elenco pede demissão” Somente. Então o Raphel do blog Eu, Nós, Eles chamou-me-eu para falar um pouco de tudo isso com mais detalhes. Então toda semana eu estarei postando lá e aqui a coluna “Na Telona”. Valeu o espaço, man =D

 

Esses últimos dias foram bem legais quanto às notícias. Principalmente sobre sequências. Primeiro, que teremos mais um filme de Transformers. A Paramount anunciou o terceiro filme para 4 julho de 2011, mas como todo bom trabalhador, Michael Bay (diretor) disse que queria sim o terceiro filme para 4 de julho. Só que no ano seguinte para poder tirar umas merecidas férias. Será que a Paramount vai trocar? Para que o filme não saia meia boca, acho que para a melhor opção seria mesmo mudar para 2012 para a pressão não interferir nas idéias do gênio da ação. Sim, sou fã dele.

 

Outra novidade sobre estréia é Homem-Aranha 4. O Sony Pictures anunciou que o filme será lançado em 2011 (mais um motivo para mudar Transformers para 2012). Mais precisamente dia 6 de maio de 2011. Aí o bom é que teremos ainda Sam Raimi na direção, Tobey Maguire como Peter Parker e Kirsten Dunst como Mary Jane Watson. Gente reclama pra caramba do 3 mas eu achei as cenas de ação muito legais. Realmente a pena foi a aparição pisca-pisca do Venon. Fazer o que né...

 

Para quem curte um filme de ação com um fio de história, já deve ter assistido Busca Implacável (Taken) que é de Pierre Morel - diretor de 13º Distrito. O filme só mostra o seqüestro da filha do cara e a busca para trazê-la de volta. Mas antes mostra que ele foi treinado não sei onde e a ameaça dele “Não sei quem você é. Não sei o que você quer. Se for resgate, vou avisando, não tenho dinheiro. Só tenho a habilidade adquirida em uma longa carreira nas sombras. Habilidade que faz de mim um pesadelo para gente como você. Se soltar minha filha agora, tudo estará resolvido. Não irei atrás de você; sem procura nem perseguição. Se não soltar, vou atrás de você, e vou encontrá-lo. Acabo com você.” É bom ou não éééé?

 

Esse parágrafo todo aí em cima foi para explicar porque o filme foi tão bem sucedido nos EUA que já tem sequência garantida. Mas... o que fazer de sequência de um filme que tem poucos personagens e grande parte vai pro beleléu? Será que agora vão seqüestrar a filha dele? Enquanto digitava essa última parte, me veio à cabeça o filme Cloverfield. Ainda no assunto, como seria o Cloverfield 2? Eu vinha me fazendo esta pergunta desde quando anunciaram que possivelmente haveria um segundo filme, novamente um filme que fez muita bilheteria.

Bom, é isso. Semana que vem tem mais e #pagameuingresso