Tempos que não voltam

Esses dias estava lembrando de como era bom viver na infância e assistir todos os filmes da sessão da tarde. Seus filmes, na época, novos e tecnologias ainda inesploradas eram um espetáculo que nos divertiam por horas e horas e para quem tinha um vídeo cassete podia gravar e assistir de novo e de novo. Não que hoje tenha perdido a diversão, mas é que tem filme que já é a vigésima vez que passa e perde a graça, principalmente as comédias.

Queria iniciar falando disso porque nessa matéria vamos falar de filmes que marcaram nossa infância nos anos 90 não necessariamente desta década mas filmes e séries que assistimos com nossos pais e amigos.

toystory2 branca

Tudo começa calmo e já aparece uma bela dama desenhada animadamente cantando uma bela canção e esperando seu príncipe. Isso já é a base de muito conto de fada e foi repetido este ano na produção Encantada da Disney. Essas lindas histórias não perdem e graça e com certeza serão passadas para nossos filhos e netos que irão assistir por muitas vezes e passarão para seus sucessores.

A magia nunca acaba.

pokemon cinderela

Bonecos que ganham vida e personalidade própria se escondendo dos humanos. Não dá para não lembrar de Toy Story, filme que já virou clássico da Pixar. Sua seqüência foi tão interessante quanto e virá mais uma. “Espelho, espelho meu”, qual criança nunca usou essa frase diante de um espelho após assistir Branca de Neve? Tempo bom que não volta mais: ficar diante da televisão vendo um filminho DUBLADO e se divertindo na rua com os amigos ao invés dos tempos atuais que todos preferem ficar jogando no computador, sozinhos ou com amigos virtuais através da internet.

Tarde em que toda a rua parava para assistir a série Cavaleiros do Zodíaco e Pokémon. Brinquedos e fantasias de Pikachu e Ash em aniversários. As duas séries ainda continuam até hoje.

Hoje em dia, tudo é possível para fazer as crianças de hoje irem ao cinema. Sátiras de filmes antigo como Shrek é um dos exemplos desse tipo de sátira pois fala de Pinóquio, Bela adormecida e ainda cita que em conto de fadas um ogro nunca é feliz. Conto de fada, pra mim, é marca registrada dos velhos tempos da Disney, contudo, não apenas dos velhos tempos pois não deixará de haver mais contos de fada e sempre com aquela base citada no início ou coisa parecida. Enfim, é isso que é o tempo atual.

Só pra finalizar, não é possível terminar sem falar de clássicos como Lassie, Karate Kid e séries japonesas como Jaspion e Jiraya. Ainda teria muito o que falar mas iria esticar muito e poderia dar preguiça de ler.